Poeta Abraão Marinho
Fracassado não é aquele que perdeu uma luta, mas aquele que desistiu da guerra.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

NESTE LUGAR
 
Meu amor,
Não me deixe aqui neste lugar,
Não me esqueci de te amar,
O que me resta é te querer.
 
É só assim,
Para te dizer
Que não esquecer
É o meu fim.
 
E este fim
É o que restou
Deste nosso amor
Que nunca existiu.
 
Mas meu amor
Por que estás tão triste?
Se ao menos o silêncio existe
Responda às cinzas de meu sofrer.
 
Em frente espelho vejo teus olhos
Cansativos de olharem pela estrada
Das feridas que não dizem nada,
Além das palavras que ecoam a mágoa.
 
Uma lágrima discorre toda dor
Da tempestade que ainda encanta,
Mesmo que os raios deixem tudo incolor
E que os trovões levem toda esperança.

Itacoatiara, 16 de novembro de 2019.

Veja no youtube.
Abraão Marinho
Enviado por Abraão Marinho em 17/11/2019
Alterado em 17/11/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.poetaabraao.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários