Poeta Abraão Marinho
Fracassado não é aquele que perdeu uma luta, mas aquele que desistiu da guerra.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

A CHUVA E O NADA
e hoje o medo da chuva
me fez caminhar no incolor,
caminho e refaço minhas dúvidas,
e das perguntas retiro o clamor.

desfaço o brilho do vento
que sopra no solo da estação,
não mais que um raio que parte
a entrelinha de minha estrofe (ilusão),
estou aqui, procurando em desgaste.

e hoje o medo da chuva
me fez definhar, em fervor,
caminho e refaço minhas dúvidas,
e das perguntas retiro o desamor.

desfaço o brilho do vento
que sopra no solo da alucinação,
não mais que um raio que aparta
a entrelinha de minha devastação,
estou aqui, sem voz, sem nada.

Itacoatiara-AM, 23 de agosto de 2019.
Abraão Marinho
Enviado por Abraão Marinho em 25/08/2019
Alterado em 25/08/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários